Vinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo Slider

Empresários ruandeses interessados em investir no mercado moçambicano

No final da reunião da 24ª edição da Feira Internacional do Ruanda, Moçambique foi declarado "Melhor País Expositor Estrangeiro".

Mais de 400 expositores de 15 países participaram na feira, o que proporcionou uma oportunidade de interação através de encontros entre empresários e consumidores, com o objetivo de estabelecer parcerias e explorar novas oportunidades de investimento e negócios face aos efeitos da pandemia de Covid-19.

Esta foi a primeira participação de Moçambique na Feira Internacional do Ruanda, um evento organizado pela Federação do Sector Privado (PSF) em parceria com o Ministério do Comércio e Indústria (MINICOM), o Conselho de Desenvolvimento do Ruanda (RDB) e outras instituições chave.

Missão da EU

Durante reunião informal de ministros da Defesa da UE, realizada em Lisboa, o ministro Gomes Cravinho afirma o objetivo de dar formação às Forças Armadas moçambicanas, para melhor se adaptarem a situações de crise.

A pandemia e a desigualdade de género

No plano laboral, a Pandemia veio agravar mais ainda a desigualdade de género e o impacto da participação das mulheres no que respeita à queda considerável no mundo das contratações. Uma conclusão do relatório anual do Fórum Mundial, estimando um prazo de 135 anos até que a igualdade possa ser atingida.

Moçambique perde 12,9% do pib devido à exportação ilegal de recursos

A Presidente da Autoridade Tributária de Moçambique diz que o país perde anualmente cerca de 12.9% do seu PIB devido à exportação ilegal de recursos minerais, florestais e faunísticos,

Continuar...