Vinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo Slider

Adriano Maleiane vai ocupar o lugar deixado vago por Carlos Agostinho do Rosário, anuncia a Presidência da República em comunicado

Max Tonela será o novo Ministro da Economia e Finanças, deixando o Ministério dos Recursos Minerais e Energia para ser liderado por Carlos Zacarias, até agora presidente do Instituto Nacional de Petróleo (INP).

Amílcar Tivane ocupará o cargo de vice-ministro da Economia e Finanças.

Carlos Mesquita transita da Indústria e Comércio para Ministro das Obras Públicas, Habitação e Recursos Hídricos.

Silvino Moreno foi nomeado Ministro da Indústria e Comércio e Lídia Cardoso vai ser a nova Ministra do Mar, Águas Interiores e Pescas.

O comunicado de 3 de março de 2022, tal como os anteriores, não avança detalhes sobre as razões da remodelação do Governo da Frente de Libertação de Moçambique (Frelimo, partido no poder desde a independência).

Na quarta-feira, dia 2 de março, Nyusi exonerou seis dos seus 18 ministros e na manhã de 3 de março anunciou a exoneração do primeiro-ministro, Carlos Agostinho do Rosário.